Esteatose Hepática e Esteato-Hepatite

Fígado com Esteatose Hepática

Por Dr. Nelson de Souza Liboni - Gastroenterologista e Cirurgião do Aparelho Digestivo

28/11/2018

Compartilhe:

  • O fígado sofre silencioso aos exageros do álcool, gula, estilo de vida .Ele funciona como um filtro do que comemos, respiramos, absorvemos na pele.
  • Conhecida como gordura do fígado, silenciosa, atinge pessoas obesas, com triglicérides elevados ou com diabetes.Mesmo sem ingestão alcoólica pode causar cirrose e até câncer de fígado sendo reversível se suas causas forem diagnosticadas e corrigidas.Normalmente ocorre quando a gordura está acima 10% do peso hepático
  • Acomete crianças acima de 10 anos e adultos. O sexo feminino é mais comprometido.
  • Esteatose leve normalmente não causa sintomas ou complicações.Quanto mais prolongado ou mais intenso o processo maiores os riscos de lesão hepática, com as células hepáticas ficando inflamadas e gerando a esteato-hepatite
  • Dividimos esteato-hepatite alcóolica ( causa mais comum) e não alcóolica
  • Doenças relacionadas como hepatites vírais A,B,C,Delta,E,F e G; álcool; doença hepática gordurosa; obesidade ou síndrome metabólica, alteração da colesterol e lipídeos, diabetes; desnutrição ou mesmo perda rápida de peso; doença hepática auto imune; toxidade por drogas ou medicamentos e solventes, tintas , tinner
  • Sinais e sintomas como aumento do fígado; cansaço físico; náuseas; falta de apetite; diminuição da imunidade, dor e inchaço abdominais, ascite; icterícia; urina escura; fezes esbranquiçadas; hematomas cutâneos; sangramentos digestivos
  • Prevenção como testes de função hepática, sorologias para hepatites, ultra-sonografias
  • Evitar:
    • consumo desnecessário de medicamentos ou associações de medicamentos
    • consumo de drogas
    • consumo abusivo de álcool e uso concomitante de medicamentos
    • inalar solventes, utilizando mascaras e luvas em exposição prolongada a inseticidas, tintas e combustíveis
    • não compartilhar material de manicure e de barbear
  • Fazer:
    • utilizar preservativos nas relações sexuais
    • alimentação saudável e balanceada, evitando gorduras e alimentos ricos em colesterol, ingerindo doces com moderação
    • cuidado com a procedência de alimentos como ostras, mariscos por causa do vírus da hepatite A
    • após as sorologias vírais , fazer as devidas vacinações contra o vírus A e B se não houver contagio pregresso
    • manter glicemia dentro dos parâmetros recomendados
    • manutenção de peso é fundamental
    • atividade física balanceada
    • em caso de dieta de emagrecimento fazer ingestão de vitaminas e sais minerais
    • medicamentos são necessários em casos específicos e sempre consulte seu médico em caso de dúvidas

Notícias